Skip to main content

detalhe

Arquivo
Cidadania
Cidade
Cinema
História
Olisipografia

Mostra de Filmes em Alcântara "Aniki Bobó"

MFA - Dá mais filmes à Liberdade!

22 mar 2024
21:00
Entrada livre

Aniki Bobó

Manoel de Oliveira, 1942, 1h42’

Conversa com Sérgio Bordalo e Sá sobre o filme e sobre o futuro do cinema em Portugal

Sinopse

" Aniki bébé, Aniki bóbó, Passarinho, Totó. Berimbau, Cavaquinho, Salomão, Sacristão.

Tu és polícia, tu és ladrão " (cantilena que, nas brincadeiras de crianças, decide quem é polícia e quem é ladrão) Carlitos (Horácio Silva) e Eduardinho (António Santos) gostam de Teresinha (Fernanda Matos). Um é tímido e o outro é brigão. Um deles (Carlitos) rouba uma boneca para dar à rapariga dos seus sonhos, Teresinha. Cai nas boas graças dela, até que um dia, numa brincadeira, Eduardo cai e tem de ir para o hospital. Todos culpam Carlitos e afastam-se dele.

Aniki Bobó é uma história que nos fala da Ribeira do Porto, e de crianças pobres, baseada num conto de Rodrigues de Freitas " Meninos Milionários".

Esta primeira longa-metragem de Manoel de Oliveira, permite fazer a comparação entre a escola do Estado Novo e a atual. Na década de 1940, as estratégias de ensino não eram solidárias, inclusivas e humanistas. Com abril, temos liberdade de opinião. Em Democracia, podemos confrontar o passado e dialogar com o futuro. Vamos a isso!


 

Entrada livre, sujeita ao número de lugares disponíveis.

Videoteca - Largo do Calvário, n.º 2

Entrada livre, sujeita ao número de lugares disponíveis.

Videoteca - Largo do Calvário, n.º 2

ver mais
ver menos
Mostra de Filmes em Alcântara "Aniki Bobó"-1